• OCK MÍDIA

Remédios fora da validade podem ser consumidos?

A exigência de comercializar remédios com prazo de validade é mundial e segundo a Organização Mundial da Saúde, esse prazo não deveria superar cinco anos.


Mas será que remédios estragam? E ainda: consumir medicamentos com prazo de validade vencido pode acarretar prejuízos à saúde?


José Ramón Azanza, diretor de farmacologia da Clínica Universidad de Navarra, na Espanha, em uma entrevista à BBC Mundo, afirmou que “são raríssimos os remédios que podem produzir efeitos tóxicos em pacientes após a data de validade expirar". Contudo, o que se sabe, é que as chances deles surtirem efeito são pequenas.


Em contrapartida, no artigo "Não caia na tentação de usar medicamentos vencidos", a agência de vigilância sanitária dos Estados Unidos diz que certos medicamentos vencidos podem estimular a produção de bactérias, e que antibióticos com potência reduzida podem não atacar as infecções, o que desencadearia doenças mais graves e aumentaria a resistência ao remédio.


De qualquer forma, mesmo que um remédio esteja dentro do prazo de validade, deve ser conservado de maneira correta, já que a umidade, a temperatura e a incidência de luz solar podem reagir com as substâncias e modificar suas estruturas químicas.


Além disso, é importante levar em consideração que após aberto, o remédio passa a ter uma data limite para uso.

Segundo o Conselho Regional de Farmácia (CRF) em Araraquara (SP), medicamentos líquidos perdem até 75% do prazo de validade após abertos.

O recomendado é que qualquer medicamento seja consumido em um prazo correspondente a 25% do tempo restante entre a data de fabricação e o prazo de validade impresso na embalagem e que o tempo máximo deste não seja maior do que seis meses.


Ainda que haja especialistas que defendam que não há riscos em consumir medicamentos com o prazo de validade expirado, é importante que você não o faça sem antes consultar seu médico.


E lembre-se: se precisar descartar seus medicamentos, nunca jogue-os no lixo comum ou no vaso sanitário. Entregue-os em postos de saúde ou em farmácias que coletam os medicamentos restantes.

104 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo